REAJUSTE ANUAL UNIMED – CURITIBA (Esclarece ao Associado)

Por
Atualizado em: 5 de dezembro de 2019

 

REAJUSTE ANUAL UNIMED -CURITIBA

Em relação ao complexo processo de reajuste dos planos de saúde vinculados à Associação da Vila Militar, este Presidente da Diretoria Executiva/AVM, em respeito ao nosso Associado, vem esclarecer que:

  1. Quando da proposta apresentada pela Unimed, com vistas ao reajuste anual do plano de saúde, há uma demanda exaustiva e desgastante da Diretoria da AVM em manter fundamentos plausíveis que vinculem a vantajosidade do Associado em estar amparado pelo Plano de Saúde da Unimed, sendo que, repetindo argumentos anteriores, a cada correção de valores, dentre outras intercorrências, temos uma diminuição do número de vidas vinculado ao plano, razão pela qual se alteram os padrões de cálculos e de sinistralidade.

  2. Conforme estabelecido em contratos já firmados, os planos de saúde coletivos contratados pela AVM têm seus valores corrigidos anualmente, com base na atualização financeira do IGPM/FGV, cumulado com a variação da evolução anual dos custos com assistência médica e hospitalar utilizadas por todo o grupo de beneficiários (quanto maior o uso, maior o aumento), dentre outros fatores de majoração.

  3. Para o reajuste no exercício 2020, a UNIMED apresentou como cálculo o índice de 16,73% (dezesseis vírgula setenta e três por cento), a partir do aniversário do contrato em 01/01/2020, o qual foi considerado totalmente inaceitável pela Diretoria Executiva da AVM.

  4. Visando a defender os interesses dos Associados, foram consultados técnicos especialistas em planos de saúde, outros operadores de planos, que nos auxiliaram na elaboração de uma contraproposta plausível à UNIMED e basicamente argumentamos que:

    1. O desempenho contratual consolidado do Plano de Saúde Unimed Curitiba que apresenta “um equilibrado” indicador de sinistralidade (70,11%);

    2. A percepção de senso comum a respeito dos fatores de correção e de indicadores econômicos, com inflação acumulada contida em percentuais abaixo de 4%;

    3. Que a classe dos Militares Estaduais, que compõem o quadro associativo da AVM e que aderem ao plano de saúde coletivo, não percebe correção remuneratória há mais de quatro anos, devido à suspensão pelo Governo do Estado do Paraná quanto ao pagamento da data-base;

    4. A necessidade de continuarmos com o plano em termos de equilíbrio e vantajosidade para o associado, com vistas a revertermos a tendência de gradativa redução do número de vidas vinculado ao plano, decorrente diretamente dos fatores de correção anual dos valores do plano em contraposição a inexistência de nenhuma recomposição remuneratória, conforme já mencionado;

  5. Assim, após várias e cansativas reuniões, foi aceito pela UNIMED que os planos sejam reajustados em janeiro de 2020 em 11,00%, ou seja, com uma redução de 5,76% em relação ao índice inicialmente apresentado, o que, segundo os especialistas, está dentro dos padrões que serão operados pelo mercado no ano vindouro.

  6. O percentual acima mencionado foi aceito com o objetivo de se manter os planos vigentes, que, mesmo com o reajuste, ainda são mais baratos do que os planos individuais. Contudo, determinamos a realização de estudos para o levantamento de alternativas que possam reduzir, ou, no mínimo, estancar aumentos futuros, a fim de que os Associados da AVM mantenham sua qualidade de vida e segurança em saúde mesmo diante das dificuldades financeiras.

Associado a AVM está sempre atuando em defesa de seus interesses, pois você é nosso maior patrimônio!

Curitiba, PR, 03 de Dezembro de 2020.

Coronel PM RR WASHINGTON Alves da Rosa

 

 

× Converse no WhatsApp